segunda-feira, 15 de setembro de 2014

RESENHA: Em meus pensamentos (Os Sullivans #8)

"Quantos de nós podemos contar com uma segunda chance? Grayson Tyler enfrentou uma tragédia três anos atrás. Agora, ele está recomeçando sua vida nas montanhas da Califórnia. Talvez a paisagem calma, com céu azul, mar e montanhas, o ajude a se esquecer do passado infeliz. Nesse refúgio, ele também deseja ser esquecido por todos que o fizeram sofrer. A tranquilidade vai embora para sempre no dia em que a energia vibrante de Lori Sullivan invade a sua vida. Uma bailarina tão linda quanto impertinente, que não costuma levar desaforo para casa e não está nem um pouco interessada em agradar. O magnetismo entre os dois promete tirar, literalmente, o sossego de Grayson, mas o fazendeiro solitário não está disposto a baixar a guarda. Ele não vai deixar essa novata virar sua vida de cabeça para baixo.”

Saudades de os Sullivans, saudades! Mal terminei o livro e já estou toda cheia de mimimi porque realmente sou dessas sentimentais que se agarram numa ressaca imensa quando termina uma série tão bom quanto essa. Onde é que aperta o reset mesmo pra começar tudo de novo? 

O livro da Lori era um dos mais aguardados por mim. Bella Andre vem alimentando minha curiosidade desde 'Um olhar de amor' intercalando as fugidinhas da personagem com os mistérios que a rodeavam. Como se não bastasse a autora iniciar a narrativa desmantelando todo um possível cenário que eu havia criado na minha cabeça. Já imaginaram por exemplo Lori abandonando uma turnê? Evitando a família e não querendo mais dançar? Aham, a Lori, já imaginaram algo assim? Pois é, eu também não, mas acreditem fez total sentido. Tudo o que a nossa Mazinha precisava era de um tempo na fazenda e de um cowboy carrancudo na sua vida! A propósito, seria pedir muito Grayson ter um irmão gêmeo ou coisa do tipo? Morrendo de amor por ele, sério.

Falando em Grayson, ai aii, suspiros eternos, vem ser lindo na minha casa POR FAVOR!!! Envolvente, sedutor, lindo e carrancudo as leitoras vão se apaixonar logo de cara por ele. Como se não bastasse todos esses ingredientes Bella ainda adiciona um mistério sobre o porque dele ser tão sério e fechado para mundo, porque não deixa que as pessoas se aproximem... Ele tenta manter uma certa distancia até mesmo dos animais que ele diz tanto amar. Falando em animais, atenção especial para a gatinha Docinho (sim, prefiro esse nome HAHAHA). E meus Deus, esse homem fala cada coisa, me derreto toda. 

Eu realmente poderia ficar o sábado todo babando nesse livro mas acho que a série já fala por si só. Se você curte uma estória levinha e apimentada, cheia de cenas sensuais e românticas, não deixe de ler 'Os Sullivans'. Leiam, leiam, leiam e venham me contar o que acharam da série. Se esse é seu estilo de leitura tenho certeza que vão adorar. 

Aguardando e torcendo muito para que a editora Novo Conceito continue publicando os livros da autora porque já sou fã de carteirinha e estou ansiosa pela estória de Jack e Mary!!! Muito amor no coração e eu só sei surtar muito mesmo. Obrigada <3

Sobre o livro:
Em meus pensamentos 
ISBN: 9788581635064
Série: Os Sullivans
Volume: 8
Autora: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Páginas:287
Booktrailer:


A série "Os Sullivans":
8- Em meus pensamentos 

Leia um trecho do livro aqui
Visite o site oficial da autora Bella Andre aqui

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

SORTEIO: Half Bad



Oi, gente!

A Fábrica em parceria com a Editora Intrínseca está realizando o sorteio do livro Haf Bad que resenhamos no blog. Para participar é só seguir as regras e o formulário:

- Curtir a página do blog no facebook;
- Curtir a página da Intrínseca no facebook;
- Comentar da resenha de Half Bad;
- Morar em território nacional.

Chances extras:
- Seguir o twitter do blog;
- Seguir o twitter da Intrínseca;
- Twittar a frase do sorteio.

a Rafflecopter giveaway

O sorteio começa hoje e vai até o dia 27/09. A editora será a responsável por enviar o livro.

Boa sorte!


quinta-feira, 11 de setembro de 2014

RESENHA: Half Bad (Meia vida - Livro 1)

Nathan, filho de uma bruxa da Luz com o mais poderoso e cruel bruxo das Sombras. O adolescente vive com a avó e os meios-irmãos e é visto como uma aberração por seus pares. O Conselho dos Bruxos da Luz vê nele uma ameaça, que precisa ser domada ou exterminada. Prestes a completar dezessete anos – época em que todos os bruxos passam por uma cerimônia em que seu dom é finalmente revelado bem, como sua denominação como bruxo da Luz ou das Sombras –, agora Nathan terá que correr contra o tempo para achar o pai, que jamais teve oportunidade de conhecer, e salvar a própria pele.

Algumas temáticas abordadas no livro me prenderam bastante e entre elas o preconceito em relação ao Nathan foi a que mais me chamou atenção. Ele sofre com o fato de ter uma origem diferente desde muito novo e sua própria meia irmã é uma das primeiras pessoas a mostrar o quanto ele é indesejado. A autora não poupou os leitores de todas as adversidades de ser um excluído e a violência com a qual se é tratado nesta condição.

A organização da sociedade bruxa dividida entre bruxos da Luz e das Sombras é bem interessante de acompanhar. A autora não perde a oportunidade de mostrar o quanto alguns membros da sociedade que se auto denominam do bem tem atitudes totalmente imorais e violentas, da mesma forma que a sociedade das sombras, com sua história obscura e cheia de mortes, tem seus bons momentos.

Outro ponto que me animou foi o foco no desenvolvimento psicológico de Nathan - a forma que a convivência familiar acontece, sua origem peculiar (meio bruxo da Luz, meio bruxo das Sombras), o fato inegável que ele não pode confiar em praticamente ninguém - do que na magia em si. Lógico que a magia é uma parte muito importante do enredo, afinal é um livro sobre bruxos, só que ela está ali para complementar o leque de problemas do Nathan e complicar ainda mais sua vida.

O livro tem pontos altos, assim como tem algumas coisas que me incomodaram, principalmente na rapidez e relativa facilidade que alguns fatos aconteciam. Sally Green tem especial cuidado no desenvolvimento de alguns pontos, mas outros ela não dá a mesma atenção ao desdobramento e senti que ficou vago e certas coisas acabaram não me convencendo. E eu não curti o interesse romântico do Nathan pelo mesmo motivo, embora o histórico dele com a indiferença das pessoas tenha ajudado a gostar da única garota que não era da família a dar atenção a ele.

A narrativa da Sally é bem fluida e é do tipo que nos faz ler rapidinho um livro. Capítulos em sua maioria curtos e fatos narrados de forma não linear, alternando entre passado e presente, recurso que gosto bastante. O trabalho gráfico também ficou muito bom, as capas são lindas (minha preferida é a branca) e para mim representa bem o enredo. Como o livro termina deixando várias pontas soltas e espero que Half Wild (previsto para março de 2015 no exterior) contenha as respostas.

Sobre o livro:
ISBN: 9788580575590
Série: Meia vida
Livro: 01
Autora: Sally Green
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 304
Book trailer:




terça-feira, 9 de setembro de 2014

SOPA PRIMORDIAL: TAGs, Sopa de Séries #6, Sopa de Música #5, Sopa de Livros #14 e Sopa de HQ's #1


SOPA PRIMORDIAL

Ingredientes:

3 xícaras de LIVRO
1 MANGÁ
3 HQs
1 MÚSICA
2 colheres de chá de SÉRIES
3 colheres de chá de FILMES
1 colher de sopa de GAMES




Olá!

Mega atrasada com os posts do blog e com os vídeos do Sopa. Mas aqui vai o resumo desses dias sem postar os vídeos. Ah, e agora o Sopa tem instagram!  Divirtam-se!

Visite o site do Sopa Primordial.

Curta nossa página no Facebook

Nos siga no Gplus 

Inscreva-se no canal no YouTube 

Nos siga no Twitter

Nos siga no Instagram
















Beijos!

Monique

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

RESENHA: A máquina de contar histórias

Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias , o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos... O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar. Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família V. Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde.

Personagens verossímeis e com personalidade forte. Eu gostei muito do desenvolvimento deles e a Valentina se destaca neste âmbito já que passou por momentos difíceis para uma garota de 16 anos e sua idade acentua ainda mais as consequências psicológicas. O Vinícius é um escritor famoso que deixou a carreira tomar muito do seu tempo como tantos outros pais de família que se dedicam demais a vida profissional. A tragédia pelo qual eles passam não é de nenhuma forma longe do que poderia acontecer com qualquer pessoa e essa identificação é um dos pontos fortes do livro.

A busca pelo amor das filhas tem seus altos e baixos: Vinícius tem consciência que foi ausente e tenta compensar isso agora que só são os três. A busca dele tem grande importância e o jeito que escolheu para se aproximar de Valentina e Vida tem grande significado, mas acho que faltou mais diálogo para por algumas coisas no seu devido lugar. Esse foi o único ponto que me incomodou, eu queria mais profundidade de sentimentos e uma luta com mais obstáculos para o Vinícius.

Uma coisa que me agradou bastante foi a troca de emails entre o Vinícius e a Bárbara. O drama familiar necessita de um espectador que tenha ideia do que está acontecendo para ajudar e a Bárbara se encaixa bem nesse papel. E algumas surpresas a acompanham.

A editora fez um ótimo trabalho de diagramação e eu fiquei babando na capa e posteriormente nos detalhes presentes no livro. Tudo tinha muita ligação com o enredo e só deu mais ênfase a escrita do Maurício.

"A máquina de contar histórias" não apresenta um enredo inovador, mas a narrativa e a forma que o Maurício expõe sua história é que se destacam. E eu me pergunto como tenho um livro do autor sei lá quantos anos na estante e não li ainda. Preciso corrigir esse erro o quanto antes!


Sobre o livro:
ISBN: 9788581635040
Autor: Maurício Gomyde
Editora: Novo Conceito
Selo: Novas Páginas
Ano: 2014
Páginas: 192
Book trailer:

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

SORTEIO: Esperando por você


Olá!

O sorteio deste mês é o livro Esperando por você, da Susane Colasanti. Para participar é só seguir a regras abaixo:

- Comentar na resenha do livro "Esperando por você" (comentário com conteúdo, não só: "vou ler", "adorei a resenha", etc);
- Morar em território nacional;
- Curtir a página do blog no facebook;
- Para chances extras, seguir o formulário.
E agora vamos para o resultado do sorteio do livro "O fogo":

a Rafflecopter giveaway

Parabéns! Enviaremos um email e você tem 72h para responder, caso contrário outro sorteio será realizado.

Dúvidas, deixar nos comentários.

Abraços e boa sorte!

terça-feira, 26 de agosto de 2014

RESENHA: Semideuses e monstros

A série Percy Jackson e os olimpianos conquistou milhões de fãs mundo afora. E engana-se quem pensa que só crianças e adolescentes foram inspirados pelos livros de Rick Riordan. Muitos adultos também se encantaram pelas aventuras, conflitos e angústias de Percy e seus amigos. Prova disso é Semideuses e monstros, uma coleção de ensaios que explora o universo da série com humor, leveza e boas doses de mitologia e história.
Com prefácio do próprio Riordan, que também participou da edição e organização dos textos originais, em Semideuses e monstros o leitor descobrirá como reconhecer monstros que espreitam ao nosso redor, quais são as dores e as delícias de ser uma caçadora de Ártemis, qual deus do Olimpo melhor se sairia no papel de pai e, mais importante: verá que os deuses gregos, assim como nós, são repletos de falhas e imperfeições — o que os torna ainda mais irresistíveis.

A introdução é do próprio Rick Riordan e ele conta um pouco da sua motivação para criar Percy Jackson e os olimpianos e, embora já conhecesse sua história, eu sempre fico feliz em ver o pai dedicado que ele é. Achei engraçado o fato do autor não ver tanta simbologia nos seus livros quantos seus leitores veem e como ele se diz surpreso com isso.

Os textos tem vários temas: comentários bem humorados de elementos recorrentes na série, como o autor parece ter escolhido a dedo cada personagem e sua função de acordo com sua história original. Entendemos através dos textos, por exemplo, porque Dionísio, o Sr. D, seria o mais qualificado para ser o responsável pelo acampamento meio sangue e como Riordan usou suas principais características para traçar a personalidade dele no livro. 

O melhor texto, na minha opinião, foi o terceiro, intitulado "Roubar o fogo dos deuses", do Paul Collins. Fala da jornada do herói e tendo como base Percy, comenta as mudanças que sofremos e por quais fases passamos. Achei que ficou bem claro e de fácil leitura, além de dar vários exemplos do quão recorrente é o assunto (Harry Potter, Frodo...). Gostei de como o autor mostrou que essa jornada não é uma exclusividade do personagens ficcionais e que qualquer pessoa pode se encaixar nela.

Curti também o texto da Jenny Han, autora que eu gosto bastante, e me diverti com suas divagações sobre quem escolheria para ser seu pai/ mãe olimpiano, levando em conta seus defeitos e qualidades (eu escolheria ser filha de Atena, com certeza). Em outro texto, é realizada uma avaliação com nota para os pais e mães da série, e eu concordei totalmente com a única pessoa que tirou A!

Outro texto interessante fala de Hades e Nico e como, apesar do seu lado sombrio, eles podem ser bem legais e ter virtudes que outros deuses e meio sangues não possuem. No final do livro ainda tem um glossário falando dos deuses e personagens importantes da mitologia, com sua origem e dados mais marcantes. Observei que muitos deles só são citados na série "Os heróis do Olimpo".

Para os fãs da série Percy Jackson que gostariam de saber mais sobre a série e ler sobre a opinião de diversos autores que se dedicam a escrever livros para a mesma faixa etária, é uma ótima pedida, assim como para aqueles que querem saber mais das referências e ligações entre a mitologia grega e a série.


Sobre o livro:

ISBN: 9788580575576
Autores: Rick Riordan, Sophie Masson, Ellen Steiber, Elizabeth E. Wein, Rosemary Clement-Moore, Carolyn MacCollough, Sarah Beth Durst, Elizabeth M. Rees, Kathi Appelt, Cameron Dokey, Jenny Han, Paul Collins
Organização: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 272


domingo, 24 de agosto de 2014

SOPA PRIMORDIAL: TAG Chatice Literária e Sopa de séries #6


SOPA PRIMORDIAL

Ingredientes:

3 xícaras de LIVRO
1 MANGÁ
3 HQs
1 MÚSICA
2 colheres de chá de SÉRIES
3 colheres de chá de FILMES
1 colher de sopa de GAMES




Olá!
Essa semana o Sopa postou mais dois vídeos: um é uma TAG bem divertida, apesar do nome, e o Sopa de sérias com o tema comédias. Vamos conferir?

Visite o site do Sopa Primordial.

Curta nossa página no Facebook

Nos siga no Gplus 

Inscreva-se no canal no YouTube 

Nos siga no Twitter






Beijos!

Monique

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

RESENHA: Se eu ficar

Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

A autora nos apresenta uma família tradicional em essência, mas que não tem os mesmos costumes das usualmente encontradas em nosso cotidiano. Gostos, formas de se expressar, como resolvem seus problemas, tudo é feito de uma maneira muito própria a família. A empatia por eles foi imediata para mim então, quando poucas páginas depois temos toda a tragédia, o sentimento é de consternação, claro.

Gostei bastante de alguns personagens. O avô da Mia, sua melhor amiga Kim (que tem costumes tão diferentes dos dela) e o Teddy, que achei bastante fofo. A autora soube dar personalidade a todos eles e mostrar sem esforço a sua importância para o enredo. O relacionamento de Mia e Adam tem seus momentos de perfeição, mas Gayle consegue mostrar também as inseguranças e problemas que o casal enfrenta, o que gostei de ler pois não curto livros que idealizam demais uma relação, principalmente quando se trata de adolescentes.

A autora conta sua história apresentando presente e passado, portanto vamos conhecendo mais da vida da Mia e sua relação com as pessoas da família e amigos conforme ela vai descobrindo o que está acontecendo e sobre ela mesma. Não me emocionei tanto, embora certamente tenha momentos que é impossível não sofrer com a carga dramática. Para mim estes momentos tinham a participação do irmão e do avô da Mia. Teve um diálogo em particular que foi muito tocante e nos deixa a questão principal do livro: ficar e enfrentar uma vida de saudade e dor ou partir e ter a prometida paz?

Um livro bom que não traz exatamente nada de novo, embora seu principal questionamento realmente nos leve a meditar sobre o assunto e sobre quais seriam nossas escolhas. "Se eu ficar" tem continuação pelo ponto de vista do Adam, "Para onde ela foi" e estou bem empolgada para ver sua versão dos fatos. A previsão da Novo Conceito é lançá-lo em breve. Enquanto isso, deem uma chance ao livro e assistam ao filme. 

Sobre o livro:
ISBN: 9788581635415
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 224
Trailer:

sábado, 16 de agosto de 2014

SOPA PRIMORDIAL: Sopa de Mangás #05, Sopa de livros #12 e #13 e Sopa na cozinha #03


SOPA PRIMORDIAL

Ingredientes:

3 xícaras de LIVRO
1 MANGÁ
3 HQs
1 MÚSICA
2 colheres de chá de SÉRIES
3 colheres de chá de FILMES
1 colher de sopa de GAMES




Olá!

Mais um post sobre o Sopa primordial e tenho que dar destaque ao Sopa na cozinha que foi mega engraçado! Divirtam-se!

Visite o site do Sopa Primordial.

Curta nossa página no Facebook

Nos siga no Gplus 

Inscreva-se no canal no YouTube 

Nos siga no Twitter










Beijos!

Monique