quinta-feira, 30 de outubro de 2014

RESENHA: Intenso Demais (Trilogia Rock Star - Livro 01)

Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis; apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida, Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.

A leitura foi um tanto lenta para mim e a principal razão foi que não achei os personagens principais muito cativantes. Não fui fisgada pelo Kellan, embora tenha que admitir que o personagem é interessante e tem bastante nuances, principalmente quando vamos descobrindo mais do seu passado. Fazer parte de uma banda de rock também confere a ele alguns pontos positivos e os outros integrantes aparecem bastante no desenrolar da trama. A Kiera não me fez exatamente simpatizar com ela. Claro que algumas coisas pelas quais ela passa e suas dúvidas são perfeitamente normais e aceitáveis, mas ela me irritava a  maior parte do tempo com suas atitudes egoístas.

O toque realista da estória fica por conta do envolvimento deles e de como a situação é complicada. A vida é cheia de casos de pessoas que começam sua relação enquanto estão comprometidas com outra e geralmente vemos em livros que esse tipo de situação só acontece porque um dos envolvidos (geralmente o traído) é uma pessoa ruim, com atitudes ainda piores. Neste caso, nos deparamos com o Denny que tem seus defeitos, mas com certeza suas qualidades e o amor que sente pela namorada se sobrepõe a todos eles. Esse foi o ponto que mais gostei: a autora não diminui um personagem para que as ações e escolhas dos outros tornem tudo aceitável e pertinente. 

A amizade do Kellan e do Denny tem importância na trama e só reforça a situação difícil que a Kiera passa quando se vê dividida entre os dois. De certa forma, também fiquei dividida, pois enquanto detestava as atitudes da Kiera e do Kellan, os entendia um pouco e percebia que ambos se sentiam culpados. O tempo todo oscilei entre torcer por eles e querer que se dessem mal por enganar uma pessoa como o Denny (o qual teve sua parcela de culpa, já que se omitiu várias vezes).

Gostei da forma que a autora escreve e desenvolve seu enredo aos poucos, sem pressa alguma. O triângulo amoroso nos é apresentado de forma que nenhum deles seja exatamente o certo ou o errado, mas pessoas com seus sentimentos confusos e conflitantes que tentam fazer o que acham certo, mesmo pelos caminhos errados. Também é uma leitura que nos reserva muitas emoções e algumas reviravoltas. O livro pode até não ter me animado como eu achava que faria, mas é sim uma boa leitura.

Sobre o livro:
ISBN: 9788565859240
Série: Trilogia Rock Star
Volume: 01
Autora: S. C. Stephens
Editora: Valentina
Ano: 2014
Páginas: 464

terça-feira, 21 de outubro de 2014

RESENHA: Para Onde Ela Foi (Se Eu Ficar - Livro 02)

Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.

Eu curti "Se eu ficar", mas fiquei com a impressão que o livro não conseguia passar a emoção que a autora gostaria. Em "Para onde ela foi", eu já me dei conta que esses sentimentos apareciam com mais frequência e senti mais a dor do Adam do que o da própria Mia.
 
Inicialmente, minha curiosidade residia no destino da Mia. Depois de tudo que aconteceu, o que será que ela, provavelmente despedaçada por perder sua família, faria dali em diante. O livro nos mostra isso, mas tudo pelo ponto de vista do Adam, o que pra mim foi um ótimo atrativo e me agradou bem mais do que eu esperava.

A visão de Adam é mais impactante, mais cheia de fúria e confusão e me passou muito mais emoções do que eu realmente esperei. Ele passa pelo seu próprio luto, afinal também perdeu as mesmas pessoas que Mia, e tudo teve impacto na sua vida. Mudanças ocorreram, situações e acontecimentos foram agravando sua dor até que Adam já não tivesse a mesma força que tinha e desenvolvesse alguns problemas que tornaram o personagem ainda mais interessante. Gayle consegue passar todas as fases do Adam com bastante veracidade então talvez seja esse o motivo que me fazer gostar tanto.

A autora novamente usa o recurso de alterar capítulos contando o passado e o presente de forma que vamos entendendo tudo aos poucos, no momento certo. Também curti a utilização de músicas para o início dos capítulos no presente e, bem, foi criativo, principalmente se pensarmos que os trechos são de músicas de autoria do Adam.

Fiquei feliz por este livro superar "Se eu ficar". Não estou dizendo que ele é maravilhoso, imperdível. Só estou afirmando que posso sim ver uma evolução na história, um dinamismo muito melhor da que foi apresentada no livro anterior. Ainda não é um livro que consideraria imperdível, nem nada que vá mudar sua vida, mas foi bom o suficiente para valer a pena lê-lo.

Sobre o livro:
ISBN: 9788581635675
Série: Se eu ficar
Volume: 02
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 240

sábado, 18 de outubro de 2014

SOPA PRIMORDIAL: TAG de filmes: Halloween Cinematográfico e Sopa de filmes #07: Musicais


SOPA PRIMORDIAL

Ingredientes:

3 xícaras de LIVRO
1 MANGÁ
3 HQs
1 MÚSICA
2 colheres de chá de SÉRIES
3 colheres de chá de FILMES
1 colher de sopa de GAMES




Olá!

Mais dois vídeos no canal do Sopa e ambos relacionados a filmes. Divirtam-se!

Visite o site do Sopa Primordial.

Curta nossa página no Facebook

Nos siga no Gplus 

Inscreva-se no canal no YouTube 

Nos siga no Twitter

Nos siga no Instagram







Beijos!

Monique

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

RESENHA: Louco por você

Nell e Kyle são amigos desde a infância. Sempre fizeram tudo juntos, então ela nem se lembra de quando se tornaram realmente um casal. Quando Kyle morre da forma mais repentina, o mundo de Nell é lançado em um abismo de incertezas e dor. É quando Nell conhece Colton, irmão de Kyle e até então um completo desconhecido para ela. Estranhamente, é como se Colton a conhecesse há muito tempo... é como se ele a conhecesse por dentro. Ambos passam, então, a lutar para seguir em frente da melhor maneira possível. Nell, sufocada pelo peso da culpa. Colton, lutando contra a força que o arrasta em direção a ela... Cada um à sua maneira, os dois precisam desesperadamente encontrar o sentido da cura e do perdão. Entre a paixão e a dor, Jasinda Wilder combina o calor do desejo com a angústia, a perda da inocência, o luto e as tentativas de recomeço. O resultado é uma viagem ao mesmo tempo sensual e melancólica que ficará gravada em sua pele muito tempo depois que esta história terminar.


E mais uma vez um livro que tinha vários assuntos que eu curto bastante não consegue me agradar. O problema com "Louco por você" começa quando a autora tem um tipo de narrativa que te faz ler com muita rapidez, mas não porque você fica ansioso com os acontecimentos e sim porque não tem profundidade na construção do seu enredo nem dos seus personagens.

Os personagens são rasos e não consegui me apegar a nenhum. Senti simpatia em alguns momentos pela dor da Nell, mas não consegui muito mais que isso. Colton também não me inspirou nenhum bom sentimento, nem quando seu passado vem a tona. Sem falar que a autora utilizou um recurso que geralmente me chateia bastante: a diminuição de qualidades de um personagem para ressaltar o quanto o outro é incrível.

Pareço ainda mais chata apontando esses argumentos, porém, infelizmente, não tive como fechar os olhos para as tentativas de deixar os personagens ainda mais dramáticos a cada página (creio eu com o intuito de nos aproximarmos de sua dor) se na próxima página o desejo entre ambos mandava qualquer problema embora. Não vi sentido em trabalhar uma coisa que ficava em terceiro ou quarto plano quando "os dois se viam e sentiam um desejo que não podiam negar". Bem, não funcionou pra mim.
Creio que a Jasinda Wilder quis demais criar uma história diferente, mas esqueceu de dar base aos assuntos que levantou e sem falar que em vários momentos o livro se assemelhava a "Entre o agora e o nunca" e "Entre o agora e o sempre", da J.A. Redmerski e não ficou parecido de uma forma boa, mas sim de uma maneira que acentuou o quanto tudo foi mal desenvolvido.

Era para ser um livro sobre como duas pessoas conseguem viver o amor depois de experiências dolorosas e que deixaram marcas profundas. A tentativa realmente foi feita e não funcionou. Fiquei triste mesmo por não ter curtido o livro, até porque a sinopse me chamou muita a atenção, porém nem as partes eróticas eu achei legal. Uma pena.

Sobre o livro:
Louco por você
ISBN: 9788581635316
Série: Falling
Volume: 01
Autora: Jasinda Wilder
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 272

domingo, 12 de outubro de 2014

SOPA PRIMORDIAL: Sopa de séries #07, TAG de filmes e Sopa de músicas #06


SOPA PRIMORDIAL

Ingredientes:

3 xícaras de LIVRO
1 MANGÁ
3 HQs
1 MÚSICA
2 colheres de chá de SÉRIES
3 colheres de chá de FILMES
1 colher de sopa de GAMES




Olá!
E vamos a mais uma postagem sobre os vídeos do Sopa primordial!

Visite o site do Sopa Primordial.

Curta nossa página no Facebook

Nos siga no Gplus 

Inscreva-se no canal no YouTube 

Nos siga no Twitter

Nos siga no Instagram









Beijos!

Monique

terça-feira, 7 de outubro de 2014

RESENHA: Incendeia-me #3 (Trilogia Estilhaça-me)

O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado. Juliette foi a única que restou no caminho do Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, O Restabelecimento não sobreviverá. Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam era uma mentira.”

Último livro e eu toda empolgada pra ler. #Sóquenão. Não depois de tanto incentivo vindo das amigas (né Belinha? Ainda chocada com as suas ameaças o.O) Brincadeiras à parte tenho de confessar que esperava mais. Vou tentar não soltar spoilers, porém, já fica avisado que, como se trata do último livro da trilogia, esta resenha pode conter algum spoiler dos livros anteriores!

Despedidas nunca foram o meu forte. Nunca escondi que sou dessas 'loucas' que ficam ansiosas aguardando o final de umas série mas que quando finaliza a leitura entra em surto porque acabou. Pois é. Com ‘Estilhaça-me’ não esperava que fosse diferente. Porém, fiquei um tantinho frustrada com os rumos que a autora tomou na história. E não, isso não se trata de par romântico e esses blá blá blá. Sou dessas, mas neste livro até que não. O que me frustrou foram as respostas que não foram dadas e o fato de a estória ter terminado sem um final mais coeso. Fiquei com perguntas ecoando na mente. Perguntas básicas que estão sem resposta desde o primeiro livro. Dados sobre o Restabelecimento, questões sobre os personagens. Ok, esse pode não ter sido o foco da autora mas...OI! Isso lá é jeito de terminar livro, aliás série? Posso estar enganada, mas pra mim aquele foi gancho para um outro livro. Será que Mafi vai entrar pra fila das autoras que estendem séries? Se isso vai virar moda eu apenas ACHO que a J.k. Rowling deveria estar liderando a fila! Socorro!

Depois do momento #chateada aí de cima posso falar do Kenji? HAHAHA Esse personagem é amor demais no coração. Eu adoro tudo nele: o humor, a liderança, o 'paizão' que ele é tentando resolver tudo e manter todos juntos e bem. E os diálogos dele com James? Só sei amar muito. Isso sem mencionar a faceta de ‘melhor amigo da vida’ que desempenha tão bem com a Juliette. Esse lindo! Uma surpresa linda esse personagem e que a Juliette me desculpe, mas o livro seria muiiiiiiiiiiiiito melhor se fosse narrado por ele ou pelo Warner. Ai ai #suspiros. Warner foi outra grande surpresa nesse livro, gostei demais dos rumos que a autora reservou pro personagem. Não me decepcionei nem um pouquinho com a ideia que eu fazia do personagem depois de ler ‘Destrua-me’. Acho que esse foi o único personagem que a autora conseguiu conduzir e ser fiel a sua personalidade e essência. Já não posso dizer o mesmo de Adam (alguém tem noticias dele depois de Liberta-me? Porque este 'ser' que habitou Incendeia-me só pode ser um clone muito do paraguaio dele). Não gostei nem um tiquinho das atitudes dele.

Depois de personagens amor, tenho de falar dos chatos! E pelo amor de Deus como a Juliette ta um 'porre' nesse livro! Gente que chatice, Foi dose aguentar, Foi mimimi demais pra minha cabeça, muita enrolação e pouca ação. Um monte de coisas pra acontecer e a autora me perde 200 paginas (nada exagerada) relatando treinamento e 'ai como eu não vou sofrer agora' pra no fim correr com a estoria e tudo ficar meio: então acaba assim? Bleeeeeeerg!!!

Desculpem o desabafo mas fiquei super desapontada, esperava mais, os dois primeiros livros são tão bons, com uma narrativa tão cativante e viciante. Enfim, vamos aguardar, quem sabe não vem outro livro por ai.

Booktrailer:


Sobre o livro:
Incendeia-me
ISBN: 9788581634418
Série: Estilhaça-me
Volume: 03
Autora: Tahered Mafi
Editora: Novo Conceito 
Ano: 2014
Páginas: 383


Sobre a Trilogia:
3- Incendeia-me


Atenção: As duas primeiras pessoas que comentarem nesta resenha ganham um kit de marcadores de página. Comentários com conteúdo ok? Se a resenha chegar a 10 comentários, sortearemos mais 3 kits entre os comentaristas. Os participantes devem curtir a pagina do blog no facebook e deixar e-mail para contato junto aos comentários. Obrigada pela visita e boa sorte :)

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

SOPA PRIMORDIAL: Sopa de Livros #16, Sopa de Filmes #06, TAG e entrevista


SOPA PRIMORDIAL

Ingredientes:

3 xícaras de LIVRO
1 MANGÁ
3 HQs
1 MÚSICA
2 colheres de chá de SÉRIES
3 colheres de chá de FILMES
1 colher de sopa de GAMES




Olá!
 E tem mais vídeos do Sopa Primordial e uma entrevista muito legal com a autora Carolina Munhóz. Vamos conferir?

Visite o site do Sopa Primordial.

Curta nossa página no Facebook

Nos siga no Gplus 

Inscreva-se no canal no YouTube 

Nos siga no Twitter

Nos siga no Instagram













Beijos!

Monique

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

SORTEIO: O beijo + resultado




Olá, pessoal!

Está no ar mais um sorteio! Este mês é "O beijo", da série "Bruxos e bruxas". Para participar, é só seguir as regras abaixo:

- Comentar na resenha do livro "Bruxos e bruxas" ou do livro "O dom" (comentário com conteúdo, não só: "vou ler", "adorei a resenha", etc);
- Morar em território nacional;
- Curtir a página do blog no facebook;
- Para chances extras, seguir o formulário.



E agora vamos para o resultado do sorteio do livro "Esperando por você"


Parabéns, Dom Dom! Enviaremos um email e você tem 72h para responder, caso contrário outro sorteio será realizado.

Dúvidas, deixar nos comentários.

Abraços e boa sorte!

domingo, 28 de setembro de 2014

RESULTADO: Half Bad



Oi, gente!

Chegou ao fim mais um sorteio em parceria com a Instrínseca. Vamos ao resultado?

a Rafflecopter giveaway


Parabéns, Lorene! Você tem 72h para responder o email com seu endereço, lembrando que a editora será a responsável por enviar o livro. Caso contrário outro sorteio será realizado.

Obrigada a todos que participaram!


quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Lemos na Fábrica: Agosto 2014


E vamos a mais um "Lemos na Fábrica", atrasado como sempre. Mas este mês foi ainda mais corrido porque o Sopa Primordial precisou de mais atenção. Aos poucos vou normalizando as coisas por aqui. 


O segredo de Colin Bridgerton, Julia Quinn: Que livro bom! Meu Bridgerton preferido e mais aguardado! Eu gostei de tudo que aconteceu neste quarto volume da série. Logo escrevo a resenha dele. 

Mansfield Park, Jane Austen: Eu amo a autora, mas Mansfield é, dos quatro livros que li dela, o que menos gostei. Lógico que não é ruim, só me parece inferior quando comparado aos outros.


Se eu ficar, Gayle Forman: Esperava me emocionar muito, mas foi outro que não conseguiu seu objetivo, como comentei na resenha aqui.

Semideuses e monstros, organização Rick Riordan: Como fã da série Percy Jackson foi impossível não curti. Alguns contos me divertiram mais do que outros, mas é um bom livro no geral. Detalhes na resenha.

Sofia e Mônica, Leonardo Brasiliense: Bem levinho, livro mais para pré adolescente. 



Li algumas HQ's e mangás este mês, mas não tantos quanto gostaria.


Ingá: Arte incrível que mostra o aspecto rudimentar do Piteco com uma história muito legal.

Magnetar: História interessante e traço remetendo a HQ's americanas que combinou muito bem com o Astronauta.

Pavor Espaciar: Chico Bento engraçado como sempre e cheio de referências pop. Arte linda.

Laços: A turma da Mônica em uma história sensível sobre amizade e com um traço lindo!


Rurouni Kenshin #20 e #21: Sempre incrível e cheio de sutilezas. O passado do Kenshin nos é revelado e é muito emocionante.


Nura #22: Faltam três volumes para o fim e eu estou amando esses volumes finais.

O maestro: Traço e história me agradam muito. Adoro mistério.

Essas foram minhas leituras. Confesso que ando numa ressaca literária tensa que não me deixa em paz. Quais foram as leituras de vocês?